Entre a cruz e a política



Depois de longa pausa, o blog retorna às suas atividades. Observe os seguintes eventos envolvendo a Bíblia e o poder legislativo do nosso país:

Recentemente o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (PMDB), de Santa Catarina, apresentou um projeto de reforma do Estatuto do Desarmamento. Após a apresentação na Câmara dos Deputados, o deputado postou em sua página do Facebook um texto com o seguinte título Desamparados pela lei dos homens. Amparados pela lei de Deus. Logo abaixo, havia a foto de um revólver em cima de uma Bíblia aberta e os dizeres: ”Se o ladrão for achado roubando e for morto, o que feriu não será culpado do sangue.” Êxodo 22:2.

Leia mais...

Além da razão

Atualmente, saberes religiosos que se multiplicam em nossa sociedade muitas vezes têm sido tomados pela racionalidade da ciência como irracionais e oriundos de uma dada fraqueza intelectual, individual ou coletiva. Entretanto, como ressalta Henrique Vaz (Experiência mística e filosofia na tradição ocidental. São Paulo: Loyola, 2000), tal experiência é algo absolutamente singular. Não está aquém, mas além da razão, surgindo quando e onde, esta cessa seu discurso. Não é, portanto, irracional, mas transracional.

Leia mais...

A fruta e o fruto

Eu não sou publicitária, mas esse é um universo que me fascina!

Um dos meus endereços preferidos na web, o Update or Die, é um portal com cardápio bem variado - há seções sobre música, comportamento, ciência, tecnologia - mas que tem justamente a publicidade como prato principal e quem frequenta esse universo, com certeza, já esbarrou várias vezes em um nome bastante recorrente nesse meio: Leo Burnett.

A curiosidade me levou a pesquisar um pouco sobre ele e eu acabei descobrindo que esse jornalista americano viveu 80 anos (1891 - 1971), enveredou pela publicidade em 1923 e trabalhou em uma agência publicitária até 1930. Só aos 44 anos abriu sua própria empresa e foi responsável por uma revolução na área: enquanto a publicidade da época se concentrava em descrever as vantagens do produto e sua superioridade em relação aos concorrentes, Leo Burnett criava símbolos e imagens em torno das marcas, alguns deles icônicos, como o cowboy da Mallboro, por exemplo.

Leia mais...

Mais acessados

A matemática de Deus

A matemática de Deus

No terceiro período do curso de engenharia civil,...

A educação analgésica e seus efeitos colaterais

A educação analgésica e seus efeitos colaterais

Há apenas uma geração, as crianças se arriscavam...

O que faz você feliz?

O que faz você feliz?

Provavelmente alguma música de comercial veio à sua...

Qual o seu ritual?

Qual o seu ritual?

A artista Fernanda Lima é uma das personalidades...

Essa força chamada AMOR

Essa força chamada AMOR

Nós aprendemos desde cedo que o amor é...

Que espanto!!!

Que espanto!!!

θαμβέω (thambeo) é um verbo grego que significa...

Um verbo surpreendente

Um verbo surpreendente

"Mestre, trabalhamos a noite toda, e nada apanhamos;...

Entre a cruz e a política

Entre a cruz e a política

Depois de longa pausa, o blog retorna às...

A fruta e o fruto

A fruta e o fruto

Eu não sou publicitária, mas esse é um...

Além da razão

Além da razão

Atualmente, saberes religiosos que se multiplicam em nossa...

Contato Rápido

Coloque o resultado da soma: 5+3 =
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem: